Gerenciador Financeiro GFIL

Site Oficial do Sistema GFIL

Gerenciador Financeiro GFIL - Menu Principal

Manual de Ajuda do Sistema GFIL



Imprimir ou Gerar .pdf de todo o Manual

Atenção: as orientações abaixo só serão 100% corretas se seu GFIL estiver atualizado na última versão -> 10.13.7

GFIL - Manual de Ajuda

Tópico Nº: 145 - Título: Liberação da Porta do GFIL Server

O GFIL Server atende seus "clientes", sejam estações de rede do GFIL ou mobiles acessando o GFILMob, pela porta 8050.
Por isso, se você tiver um firewall instalado onde o GFIL Server estiver rodando, seja um firewall do Windows ou outro, você deverá efetuar a liberação dessa porta para acesso por TCP/IP.
O acesso dos clientes poderá ser feito por IP falso (rede local) e/ou por IP verdadeiro (internet). Se o acesso for por internet e sua rede local for gerenciada por um roteador, é preciso que, além da liberação no Firewall seja feito também o forward (redirecionamento) da porta 8050 para o IP local da máquina onde está rodando o GFIL Server. Após fazer o redirecionamento da porta no seu router, faça um teste para confirmar se ela de fato está liberada para requisições externas. Neste site http://www.testeportas.com.br você consegue fazer um teste confiável. Se retornar porta inacessível e, no firewall do Windows a porta está liberada, então é seu roteador que não permite a conexão.
Sobre questões técnicas é sempre recomendável você contar com uma assessoria especializada para analisar e resolver eventuais bloqueios de acesso na rede/porta.
Observação: lembre que há routers que têm um firewall próprio (interno) e que pode bloquear a conexão.
Não é regra geral, mas também existem routers que não permitem conexão externa (via internet - IP verdadeiro) se o cliente (mobile ou GFIL estação) estiver conectado na mesma rede Wifi que está o computador onde está rodando o GFIL Server. Nesse caso você deve fazer o login com o IP da rede local (falso) da máquina onde o GFIL Server está rodando ou então tentar conectar via 3G ou 4G para testar.

Em relação ao IP, seja ele verdadeiro ou falso, o ideal é que você tenha um IP fixo. Até é possível utilizar os clientes com IP dinâmico, pois para o sistema isso não tem diferença. Porém, se esse IP for dinâmico e ficar mudando toda hora, logicamente que você terá o transtorno de ter que mudar essa informação a toda hora na tela de login do cliente. Além disso, caso a mudança de IP do servidor ocorra enquanto que um cliente estiver com o sistema em aberto, a conexão cairá e dados poderão ser perdidos.
Portanto, na medida do possível, recomendamos que você adquira o serviço de IP fixo de sua operadora de banda larga, principalmente se for acessar com clientes externamente, ou seja, pela internet.
Outra opção que você pode utilizar e que inclusive foram feitos testes com resultados satisfatórios, é a utilização de serviços de dns, como, por exemplo, o No IP.

O acesso por clientes (GFILMob ou estações GFIL) funciona em qualquer conexão: rede local, rede internet banda larga, internet 3G e 4G. Porém, a performance das consultas e gravações de dados será proporcional à velocidade da banda de internet que você utilizar.

Ajude-nos a melhorar esta ajuda. Envie crí­ticas e sugestões para sugestoes@sistemagfil.com.br.