Gerenciador Financeiro GFIL - Menu Principal

Mudanças nas Últimas Versões do Sistema

Versão oficial disponível: 9.95.11
Baixar atualização

Versão 9.96 - Em testes - Itens abaixo já estão implementados na 9.95.11, disponível para atualização

  1. Criado o "Relatórios -> Financeiros Diveros -> Recebimentos em Vendas, Comandas e OS -> Sintético";

  2. Para atender a nova nota técnica 2016.002, versão 1.60, no módulo de NFe, na aba "ICMS S.T. - Substituição", foi incluído o grupo de campos "ICMS Efetivo".
    A critério de cada SEFAZ, esses dados serão obrigatórios nos casos de CST 60 e CSOSN 500 e o destinatário da nota for consumidor final.
    Consulte sua contabilidade para ver se sua SEFAZ vai exigir ou não que você informe esses novos campos nas suas notas modelo 55, bem como o que informar neles, se for o caso;

  3. Nos parâmetros gerais, aba "Financeiros", foi criaa a opção "Permite vendas a prazo para clientes sem CPF/CNPJ informado no cadastro.".
    Recomendamos deixar esse campo desmarcado. Dessa forma o sistema não permitirá que seja gravada uma venda a prazo, ou seja, nos recebimentos códigos 6, 7 e 13, para um cliente que não tenha um CPF ou CNPJ informado no cadastro.
    Porque da recomendação: um cliente que está em débito na empresa, ou seja, há contas a receber dele, em algum momento (emissão de boletos, negativação SPC, ajuizamento, etc.) vai ser necessário ter o CPF ou CNPJ dele. É muito mais fácil obter esse dado do cliente no momento da venda. Fica a sugestão;

  4. No módulo de NFe, na opção para iniciar nota avulsa, caso a nota tenha valores, agora o sistema vai abrir um tela para se informar os pagamentos dessa nota.
    Se a nota não tiver pagamentos, basta marcar a opção "A nota será sem pagamentos" e pressionar F6 para finalizar a gravação da nota.
    Atenção: o sistema aceitará todos os tipos de pagamentos nessa tela, inclusive parcelamentos e cartões. Porém, o sistema não fará nenhum tipo de lançamento financeiro. Esses dados de pagamentos serão apenas para inclusão na nota fiscal;

  5. Nas telas de notas eletrônicas foi incluído o menu "Diversos -> Ver Pagamentos da Nota";

  6. Nas telas de recebimentos (de vendas, OS e comandas), nos recebimentos via cartão, agora não mais será solicitado o código de autorização da operadora do cartão. Esse campo estava sendo desnecessário, pois, quando não há integração de TEF, as informações da operadora (CNPJ, bandeira e autorização) não devem ser informadas na NFCe. A operadora continua sendo exigida para que o GFIL possa lançar as contas a receber da operadora;

  7. Criado o "Relatórios -> Nota Eletrônica -> Itens Agrupados por CFOP (55 e 65)";

  8. Para atender determinação de Nota Técnica 2016.002, quando houver informação de FCP numa NFe (modelo 55), o GFIL incluirá automaticamente essas informações nos dados adicionais de cada item e também os valores totais nos dados adicionais da nota Até agora essas informações tinham que ser inseridas manualmente pelo usuário;

  9. No módulo de grupos de tributação foi incluído o campo para se informar o percentual de FCP para ICMS normal (operação própria). Na inicialização de NFes com produtos que tenham valor nesse campo o GFIL alimentará automaticamente ele lá na nota. Nos produtos com de CST 00 e 20, o GFIL também fará o cálculo automático do FCP do ICMS normal;

  10. Liberada a versão 2.9 do GFILMob. Foram feitas apenas alterações no visual das telas de mensagens de avisos, erros,... e também alguns pequenos bugs;

Versão 9.95 - 17/07/2018

  1. Atenção: nesta versão o GFIL estará migrando o layout das notas eletrônicas da versão 3.10 para 4.0. Essa mudança é obrigatória para notas emitidas a partir de 02/08/2018.
    Dentre várias outras mudanças para esse novo layout, as SEFAZ só aceitarão envios no padrão TLS 1.2. Esse padrão não funciona em Windows XP ou Server 2008. Portanto, se sua empresa ainda tem computadores com esses sistemas operacionais, providencie o quanto antes a atualização para uma versão mais recente.
    Mesmo em Windows 7 ou superior, faz-se ncessário que esteja o sistema operacional esteja totalmente atualizado, com todos os updates, packs...Caso contrário o envio de notas não será possível.
    Nas conexões do certificado, também não deverá mais ser utilizada a opção da Capicom.dll, pois a Microsoft não atualiza mais essa .dll e a mesma não é compatível com TLS 1.2. Solicite ao seu suporte técnico para analisar o tópico 92 do manual de ajuda e utilize somente openSSL ou Wincrypt;

  2. Em alguns modelos de mini impressoras, quando havia vários itens na venda, a impressão do ticket pela opção indireta, não era impresso todos os itens. Corrigido;

  3. Em alguns usuários com computadores com Windows desatualizado, estava ocorrendo o "...erro 12175..." na transmissão de notas eletrônicas.
    A causa do problema são as novas regras das SEFAZ que estão entrando em vigor e, usuários que não têm o Windows 100% atualizado, tiveram esse problema e, possivelmente vão ter outros problemas quando entrar em vigor o layout 4.0 dos documentos eletrônicos (acima comentado).
    Salientamos mais uma vez para que seu TI providencie a atualização de seu Windows com todos os packs/updates, etc.;

  4. Modificamos um pouco o layout na aba "Dados dos Itens" da tela de nota eletrônica 55 (NFe). Foi criada uma nova sub aba "Outros Dados do Item". Nessa nova aba foram transferidos os campos "Produto Específico" e o botão "Declaração de Importação".
    Nessa aba também foi criado o grupo "Dados do Pedido" onde será possível informar o xPed e nItemPed. Esses dois campos já existiam, mas o xPed estava na aba "Dados da Nota", o que impedia de se informar um valor diferente para cada item nesse campo na mesma nota. Com esta mudança agora é possível informar dados de mais de um pedido na mesma nota;

  5. Na tela de NFe, aba "Dados dos Itens", foi modificado um pouco o layout das sub abas de impostos para que seja possível incluir novos campos do fundo de combate a pobreza previstos para a NFe 4.0;

  6. O IBPT disponibilizou nova tabela (18.2.A) de alíquotas com validade de 01/07 a 30/09/18. Como sempre, o GFIL já se antecipa e disponibiliza gratuitamente essas tabelas para download. Recomenda-se efetuar já essa atualização para evitar atropelos de última hora. Para mais orientações veja o tópico número 158 do manual de ajuda;

  7. No cadastro de produtos há os campos código de barras e código de barras da unidade tributável. Na NFe 4.0, se o produto tiver código de barras, também será obrigatório informar o código de barras da unidade tributável.
    A maioria dos usuários que têm produtos com código de barras, ao longo do tempo, foi informando o código de barras nos seus produtos, mas não informou o código de barras da unidade tributável.
    Pois bem, para facilitar a atualização de seu cadastro de produtos e você não ter que alterar um a um todos eles para informar esse dado, durante o processo de atualização, o sistema vai apresentar uma mensagem pedindo para você confirmar ou não se o sistema deve atualizar todos os seus produtos. Respondendo "Sim", o sistema copiará a informação do campo código de barras para o campo código de barras da unidade tributável.
    Mas atenção: a opção só será apresentada uma vez. Por isso analise bem este item ANTES de iniciar a atualização. Lembrando que nem sempre o código de barras da unidade tributável é o mesmo do código de barras. Se for o caso, converse com sua contabilidade sobre esse dado;

  8. O padrão Cnab para boletos do Bancoob (Sicoob) para a ser cnab240. Esse banco não está mais trabalhando com cnab400;

  9. Em notas avulsas ou vinculadas a ordens de serviços, retornamos a opção para se incluir duplicatas na tela de NFe.
    Contudo, reforçamos a orientação do manual de ajuda, que notas de vendas não devem ser feitas via NFe avulsa e sim pelos passos normais, ou seja, gravar a venda e depois iniciar uma nota vinculada a venda. A NFe avulsa deve ser utilizada somente naqueles casos em que não exista um módulo no GFIL para registro da movimentação da mercadoria (devoluções, remessas para conserto, importação, etc.;

  10. As opções que havia para enviar email para a contabildade com arquivos XMLs das notas eletrônicas 55 e 65 agora foram unificadas em único menu -> "Documentos Eletrônicos -> Enviar XML a Contabilidade (NFs 55 e 65)". Essa rotina de envio do e-mail dos XMLs para o contador será acionada automaticamente pelo sistema mensalmente no primeiro acesso do mês;

  11. Nos recebimentos de vendas, OS, comandas, etc.. foi incluído um novo tipo de pagamento "13 - Boleto Bancário". Em consequência, quando você informar o tipo de pagamento 07, o GFIL não vai mais permitir selecionar boleto no tipo de documento. Por isso, quando a venda for parcela via boleto, utilize o tipo de pagamento 13-Boleto Bancário;

  12. Cinco novas bandeiras de cartão serão aceitas pela NFe 4.0, quais sejam: Diners Club, Elo, Hipercard, Aura e Cabal;

  13. No módulo de devolução a fornecedores foi incluído o campo "IPI devolvido". O conteúdo dele será transportado para a NFe quando você iniciar a nota da devolução. Converse com sua contabilidade para ver se e quando você deve informar esse dado;

  14. Na tela de NFe, tanto na aba de ICMS, como ICMS ST, foram incluídos grupos de campos para informar dados relativos ao FCP-Fundo de Combate à Pobreza. Da mesma forma que o item anterior, você deve orientar-se com sua contabilidade para informar ou não dado nesses campos.
    Ainda nesse módulo da NFe, aba de IPI, foi incluído o campo "IPI Devolvido";


Versão 9.94 - 23/05/2018

  1. Estamos iniciando a implementação do TEF (automatização de recebimentos via cartão). Se você deseja utilizar essa opção, entre em contato com uma revenda GFIL para receber orientações de como proceder;

  2. Adicionadas novas opções no novo menu "Utilidades -> Rede -> ..." da tela principal. Vai facilitar/automatizar alguns procedimentos nas configurações para utilização do sistema via rede. O tópico número 10 do manual de ajuda traz mais detalhes sobre esses novos menus;

  3. Nos parâmetros de impressão do ticket da venda, foi incluída uma opção para no caso do cliente da venda ser pessoa jurídica, você marcar se deseja que seja impresso o nome fantasia do cliente. Se essa opção não estiver marcada, será impresso o nome (razão social). Também melhoramos um pouco o layout das tela de parâmetros de configuração de impressão;

  4. Agora é possível configurar parâmetros fiscais para que a venda normal inicie uma NFCe automaticamente. Na tela de venda normal também foi incluído um menu para inicialização de NFCe da venda;

  5. Estamos iniciando implantação de um novo projeto, o GFILNet.
    Quem desejar conhecer, acesse https://www.sistemagfil.com.br/GFILNet/. Utilize licença 11254, operador 1 e senha capita. Você estará acessando dados de uma base testes hospedada no servidor do desenvolvedor GFIL. Mas você pode fazer o acesso diretamente aos seus dados. Se tiver interesse, entre em contato com uma revenda GFIL para orientações;

  6. Usuários do Pará, para emitir NFCe, agora é necessário solicitar junto a sua SEFAZ, a vinculação do software emissor da NFCe ao CNPJ de sua empresa. O GFIL já está credenciado junto a SEFAZ-PA. Para o procedimento para solicitação você deve entrar em contato com sua contabilidade ou suporte técnico.
    Os dados do sistema que serão necessários para fazer a solicitação, você encontra no tópico número 86 do manual de ajuda do GFIL;

  7. Criamos um novo instalador da versão completa, mais "limpo", moderno e mais fácil de executar/entender;

  8. Criado o "Relatórios -> Comandas -> Analítico";

  9. Na geração de boletos, foi incluída a carteirra "17/35 - Com Registro", do Banco do Brasil;

  10. No GFILMob, módulos vendas e orçamentos, foi incluída opção para conceder desconto no item e, nas pesquisas de clientes, opção para pesquisar pelo nome fantasia.
    Não esqueça que sempre que for atualizar precisar baixar ambos (app e server);

  11. No cadastro de operadores foram três novos poderes configuráveis: cancelamento de movimentos (vendas, compras, etc.) já gravados; fechamento de ordem de serviço sem custos; e venda a prazo para cliente bloqueado ou com excesso no limite de crédito.
    Até agora esses poderes eram restritos a super operadores;

  12. Nas telas de fechamento de vendas, ordens de serviço, etc., agora quando se lançar um valor parcelado (pela loja) e aquele valor exceder o limite de crédito do cliente, o sistema vai mostrar uma mensagem de aviso;

  13. Nesta nova versão, o módulo de comandas também permitirá incluir itens através da leitura do peso via balança de checkout (pesagem diretamente no caixa). Agora essa opção está disponível em todos os módulos de vendas de produtos (venda normal, venda balcão e comandas);


Versão 9.93 - 20/03/2018

  1. Na impressão dos tickets de venda (A4 e 40 colunas), o nome do cliente que será impresso agora será o valor do campo nome, se o cliente for PF e o valor do campo nome fantasia, para clientes PJ;

  2. Criadas opções para controle precário de prazo de validade de produtos. É imprescindível uma completa e atenta análise do tópico número 37 do manual de ajuda;

  3. Nos cadastros de clientes e fornecedores, o nome fantasia passa a ser obrigatório quando o tipo de pessoa for jurídica;

  4. No ticket 40 colunas, impressão indireta, quando a venda tinha muitos (acima de 18) itens, não estava cortando a parte final da impressão;

  5. As rotinas de download do XML de notas do módulo de manifestação de destinatário foram adequadas às novas regras das SEFAZ, o que vai resolver o erro que ocorria ao se tentar o download de uma nota manifestada;

  6. Na baixa de contas a receber de operadoras de cartão, foi incluído botão para selecionar todas as contas de uma vez;

  7. No módulo de estornos/devoluções de adiantamentos de clientes e fornecedores, o sistema estava permitindo fazer um lançamento sem que o operador informasse o cliente e/ou a conta caixa. Isso poderia gerar inconsistências nos relatórios do livro caixa;

  8. Na importação de cadastro de produtos de arquivo XML de NFe, agora é possível informar a margem de lucro para cada produto. Será útil para quem tiver tabelas de preços de vendas configuradas para considerar a margem de lucro do produto;

  9. Não sabemos se por intenção ou desconhecimento dos procedimentos de backup/restauração, mas nas últimas semanas nos deparamos com 2 casos onde o usuário adota a prática de gravar vendas e gerar e enviar nota fiscal eletrônica no GFIL com um valor. Depois de transmitir essas notas, volta um banco de dados antigo e faz novas vendas, agora com valor maior e inicia-se as notas dessas novas vendas com o mesmo número daquelas notas já enviadas aneriormente, mas agora, ao invés de transmitir as novas notas de mesmo número, apenas utiliza a opção de atualizar a situação da nota no GFIL para "3-Autorizada". Com isso, a nota e o Danfe no GFIL são gerados com um valor maior para o cliente final, mas lá na SEFAZ, a nota está com valor inferior. Não é preciso nem dizer, mas dizemos mesmo assim, que essa prática é 100% ilegal. Além disso, gera uma enorme confusão nos dados do sistema e tudo que for gerar no sistema em termos de XML e relatórios dessas notas/vendas não será confiável.
    A partir desta versão o GFIL passa a controlar isso para que não mais ocorra. É claro que não temos como impedir que o usuário copie um arquivo de dados antigos sobrepondo o atual ou então restaure um backup antigo. Mas as notas emitidas em um banco, não poderão passar pela atualização de situação depois se o banco for substituído.
    Outra situação que ocorria e que agora o sistema não vai mais permitir era que um documento eletrônico era iniciado no GFIL, mas já havia sido transmitido por outro sistema. Aí o usuário fazia o download do XML no portal da receita, colocava esse XML na pasta \Enviadas do GFIL e então fazia a atualização da nota no GFIL. Essa atualização agora só será possível se o XML fato tiver sido gerado/enviado pelo sistema GFIL;

  10. Novas opções de personalização. Veja os itens 1 e 2 do menu "Dicas Úteis" deste site;

  11. No GFILMob agora é possível incluir ordens de serviço. Vai permanecer a mesma versão do GFILMob. Para funcionar é preciso atualizar ambos, o mobile e server;

  12. Nas telas de NFe e NFCe, agora será possível enviar várias notas iniciadas ou geradas em contingência, ou seja, pendentes de transmissão todas de uma vez, com apenas um clique no novo botão que foi criado especificamente para isso. Isso lhe será muito útil quando for necessário emitir várias notas em contingênica off line. Aí, depois quando a internet regularizar, você pode trasnsmitir todas essas notas com um só clique.
    Lembrando que há um prazo máximo determinado pela sua SEFAZ para transmitir essas notas emitidas em contingência off line e EPEC;

  13. Devido à ocorrência de alguns erros de comunicação em usuários que utilizam o sistema em rede, principalmente na geração de notas eletrônicas, via terminal, estamos modificando o formato da string de conexão para arquivos XML. A conexão com o banco de dados não terá alteração. Esta continua via TCP/IP na porta 3050.
    A mudança:
    Além do compartilhamento da pasta do GFIL no servidor, o que provavelmente já está feito aí em sua rede, agora será preciso que seja feito na estação o mapeamento dessa pasta do servidor. Feito isso, acesse o sistema na estação e vá até a tela de login. Clique na parte superior dessa tela para abrir as configurações de conexão e refaça a conexão informando os dados, inclusive o campo da unidade mapeada e depois clique em "Conectar".
    Para mais detalhes sobre configuração do GFIL em rede, analise o tópico número 10 do manual de ajuda;

  14. Duas mudanças nas configurações de vinculação do certificado digital:
    a) O acesso passou a ser um sub menu próprio no menu "Utilidades";
    b) Agora é possível armazenar o certificado no banco de dados, o que vai permitir que uma única configuração, seja aplicada a todas as máquinas da rede.
    Para obter mais orientações analise o tópico número 92 do manual de ajuda;

  15. Na carta de correção, em alguns casos não estava gerando o XML da CCe corretamente. Corrigido;

  16. Os dados (entrada e justificativa) para envio de documento eletrônico em contingência (EPEC ou off line) agora devem ser informados através do novo menu "Outras Opções -> Dados para Contingência" da propria tela de emissão das notas (modelos 55 e 65). Com isso não será mais necessário informar esses dados a cada documento emitido. Informa-se apenas uma vez sempre que houver entrada em contigência;

  17. Nos parâmetros fiscais da NFe foi incluída opção para habilitar a inicialização automática da nota 55 ao finalizar uma venda normal;


Versão 9.92 - 03/01/2018

  1. No módulo de geração de arquivos remessa de boletos, agora é possível gerar arquivo com baixas (cancelamentos) de boletos já registrados;

  2. Na inclusão de notas avulsas (55 e 65), o sistema estava permitindo gerar estoque negativo, mesmo que nos parâmetros estivesse marcada a opção para não permitir;

  3. Regularizado o código de consulta de CPF e CNPJ no servidor da receita, opções disponíveis nos cadastros de clientes e fornecedores do GFIL.
    Havia um erro porque a receita mudou o sistema de captcha no servidor dela. Mas com as alterações feitas agora no GFIL, voltou a funcionar.
    Lembramos que essa opção tende a ficar instável sempre que a receita muda alguma coisa no seu servidor;

  4. Para atender o preconizado no manual de NFCe, as notas 65 impressas em contingência off line, agora serão impressas em 2 vias;

  5. Criado o "Relatórios -> Financeiros Diversos -> Recebimentos de Vendas, OS, Comandas,...";

  6. Tabela IBPT 18.1.A, com validade de 01/01 a 31/03/2018 disponível para atualização. Maiores orientações veja o tópico número 158 do manual de ajuda;

  7. Melhorada a impressão de tickets (venda e OS), orçamento e recibo quando configurado para impressão indireta 40 colunas;

  8. Atualizados valores das licenças novas e renovação anual. Veja a seção "Quanto Custa" do site GFIL;


Versão 9.91 - 27/10/2017

  1. Se você utiliza o sistema em rede, atualize no servidor e depois execute o mesmo atualizador nas estações ou copie o arquivo GerenciadorFIL.exe do servidor (já atualizado) para a estação. Obs.: esse procedimento diferente na atualização da estação só é necessário para esta atualização;

  2. O módulo de fechamento de ordem de serviço agora também foi adequado à nova sistemática de fechamento (igual aos módulos de venda balcão e normal, implementados na versão anterior). Para mais detalhes analise o tópico número 20 do manual de ajuda;

  3. Vários melhoramentos nos índices de tabelas, o que vai gerar uma melhor performance (rapidez) nas gravações e impressões de relatórios. Nos testes que fizemos em laboratório, houve ganhos substanciais em gravações de vendas através do GFIL Estação Web. No GFIL servidor, o ganho de tempo foi menor, mas também houve;

  4. Tabela IBPT 17.2.B, com validade de 01/10 a 31/12/2017 disponível para atualização. Maiores orientações veja o tópico número 158 do manual de ajuda;

  5. Quer configurar o sistema para imprimir o ticket automaticamente após fechar a venda normal? Clique no menu "Imprimir -> Ticket da venda" dessa tela e veja como;

  6. Incrível, mas, em certificados A3 do SERASA (apenas esses), quando se deixava configurada a senha nos parâmetros fiscais do GFIL, no envio da segunda nota fiscal ocorria um erro. Adequamos o GFIL para contornar o erro.
    Se você estava enfrentando esse problema, orientamos a entrar em contato com seu fornecedor do certificado e relatar para que eles corrijam. No GFIL não vai mais ocorrer o erro pois fizemos esse ajuste, mas é uma falha do certificado. Então seria importante que eles corrigissem, até para não causar novos erros;

  7. Na tela de filtragem de relatórios, agora é possível escolher entre dois estilos de relatório para os campos das data inicial e final pelo menu popup dessa tela. Com essa alteração, quem prefere digitar a data, será novamente possível fazê-lo;

  8. No módulo de venda normal, quando se incluía uma venda com data retroativa, o sistema não permitia informar uma parcela com vencimento inferior à data do dia atual, mesmo que esse vencimento fosse superior à data da venda;

  9. O fechamento da comanda agora também foi modificado para o mesmo padrão das telas de fechamento de vendas e OS. Analise o tópico 20 do manual de ajuda e também a vídeo aula disponível neste site para mais informações;

  10. Disponibilizada versão 2.8.0 do GFILMob. Mudanças:

    • Opção para inclusão de orçamentos de produtos;

    • Opção para inclusão de pré-venda;

    • Opção para inclusão de consignção/venda a faturar;

  11. Naquelas operações onde há a necessidade de uma autorização especial, como por exemplo, uma venda a prazo para um cliente que excedeu seu limite de crédito, a partir de agora, o GFIL não mais solicitará essa liberação quando quem estiver registrando a operação for um super operador. Essa solicitação não faz sentido, já que, se o operador é um super operador, ele mesmo fará a liberação. Quando ocorrer uma situação assim onde haja uma condição especial para a operação, o sistema vai emitir um aviso solicitando confirmanção do prosseguimento. Aí basta confirmar ou não a operação.
    Obs.: quando o operador logado for um não super operador, aí não muda nada, ou seja, o sistema abrirá um pedido de autorização especial para liberação da operação;

  12. A partir de agora o sistema passa a manter os XML de notas eletrônicas canceladas, tanto NFe, como NFCe. Esses arquivos serão movidos para a pasta \NFe\Canceladas\ ou \NFCe\Canceladas\, conforme o caso. Nos relatórios de notas, opção "...XML por Período -> Enviar Arquivos por e-mail", serão incluídos os XML original das notas canceladas, bem como os XML relativos ao evento de cancelamento, os quais ficam sempre armazenados na pasta \Eventos\;

  13. Na tela de baixa de boletos Iugu, agora é possível fazer a captura dos pagamentos automaticamente pelo GFIL, sem necessidade de baixar o arquivo .XLS;


Versão 9.90 - 04/09/2017

  1. Atenção: foram feitas grandes mudanças nas telas de recebimento da venda balcão e venda normal.
    Antes de iniciar a atualização analise tópico número 20 do manual de ajuda;

  2. Disponível para download a tabela IBPT 17.2.A, cuja vigência inicia em 01/07/2017.
    Essa atualização é obrigatória (lei da transparência) para que em emite nota eletrônica a consumidor final. Se for o seu caso, analise o tópico 158 do manual de ajuda do GFIL e atualize seus arquivos;

  3. Nas telas de cadastros de produtos e matérias-primas, ao lado do campo CEST foi disponibilizado um botão que auxiliará na pesquisa do CEST dos seus cadastros.
    Em breve esse campo será obrigatório nas notas eletrônicas com ICMS ST. Consulte sua contabilidade e, se for esse o seu caso, vá preenchendo esse campo em seus cadastros;

  4. Nos parâmetros fiscais (NFe e NFCe), no grupo de campos "Envio de E-mails", foi incluída a opção "Mostrar tela de confirmação do envio". Se ela estiver marcada, antes de enviar os e-mails dos arquivos de uma nota autorizada, o GFIL apresentará uma tela com os dados (destinatário, anexos, cópias, ...) de envio, os quais poderão ser alterados ou não antes de enviar o e-mail;

  5. Implementada uma opção para vincular usuários Firebird no banco de dados do GFIL para leitura através de outros sistemas. Para mais detalhes sobre essa opção, solicite ao seu TI para analisar as orientações do tópico 147 do manual de ajuda.
    Acreditamos que essa opção vai atender muitos usuários que necessitam buscar dados cadastrados no GFIL e disponibilizar, por exemplo, em sites (eCommerce e outros);

  6. Disponibilizada uma nova versão (2.7.0) GFILMob. Principais mudanças:

    • No módulo vendas agora o sistema vai observar o limite de crédito. Se a venda for parcelada e o cliente não tiver limite suficiente, a venda não poderá ser realizada;

    • No módulo de comandas, na impressão do pedido, se houvesse itens a serem impressos em impressoras diferentes, o sistema não considerava a configuração de impressão e imprimia tudo na mesma impressora;

    • Também na comanda, corrigido o erro "argument out of range" que ocorria na abertura de mesa;

    • Na listagem de produtos da comanda, estava alinhando a descrição à direita. O correto é a linha a esquerda para que mostre o início da descrição;

  7. Implementada geração de boletos para carteira 17/27 do Banco do Brasil;

  8. Os menus de baixa de contas a receber com arquivo de retorno de boletos, ganharam teclas de atalho;

  9. Implementada opção para se utilizar um leitor de código de barras do tipo scanner cuja conexão com o computador é via porta serial. Basta informar a porta de conexão no módulo de parâmetros gerais, grupo de campos "Leitor de código de barras serial" e depois utilizar o leitor normalmente nas telas de vendas;

  10. No lançamento de comissão de vendedor, quando o cálculo é pelo percentual do produto, mesmo que a venda fosse a prazo, o valor da comissão estava sendo mostrado o valor na coluna "Relativo a Vendas à Vista" da tela de baixa de comissões. O correto é mostrar na coluna "Relativo a Vendas a Prazo";

  11. Criado o menu "Relatórios -> Contas -> Consolidado - Fornecedores, comissões e salários -> Pagar";

  12. Os relatórios de XML por período de NFes e NFCes agora podem ser enviados por e-mail diretamente pelo sistema. O GFIL compactará todos os XML num único arquivo (.rar) e já fará o envio para o e-mail do seu contabilista ou outro e-mail que você indicar;

  13. No cadastro de produtos foi implementado o menu "Opções -> Criar Código de Barras nos Produtos Sem o Código";

  14. Corrigido o erro que ocorria no módulo de consignação quando se incluía um produto que no seu cadstro estava marcado para não controlar estoque;

  15. No módulo de venda normal, agora será possível fazer o fechamento com recebimento parcelado na loja E no cartão de crédito. Até agora o sistema não permitia fazer em ambos na mesma venda;

  16. Alguns modelos de SAT estavam imprimindo cortando a impressão nas margens quando configurado para impressão indireta. Nos parâmetros fiscais, opção "Impressão Indireta" do CFe-SAT foram incluídos dois novos campos para ajustar as margens;

  17. Na tela de envio de e-mail em massa, foi melhorada a opção (menu "Opções") para se gerar arquivo .txt/.csv dos e-mails;

  18. Incluída opção para se cadastrar uma segunda e terceira fotos de um produto. A visulização fotos de produtos, tanto na tela de cadastro, como nas telas de consultas, também foi modificada para poder aumentar o zoom e visualizar todas as fotos nas telas de consultas de produtos (tecla Ctrl);


Versão 9.89 - Disponibilizada em 20/06/2017

  1. Inscreva-se no novo canal de vídeos GFIL no Youtube e receba avisos de postagens de vídeos sobre funcionamento dos módulos do GFIL, como instalar, atualizar, etc.;

  2. Como já ocorria na tela de venda balcão, agora na tela de fechamento da venda normal também é possível informar o número da autorização da operadora do cartão;

  3. Os relatórios de tabelas de preços e estoques de produtos agora podem ser filtrados por grupo de tributação dos produtos;

  4. As opções de envio de e-mails do sistema (documentos eletrônicos, relatórios, e-mail em massa para clientes, etc.) foram todas reestruturadas, a saber:
    Obs.: não deixe de reanalisar detalhadatamente o tópico 36 do manual de ajuda.

    1. Ficará apenas a opção de envio por servidor próprio. A opções de enviar pelo Outlook Express e LiveMail estão sendo descontinuadas. Como esses dois programas foram descontinuados pela Microsoft, não fazia mais sentido o GFIL manter essa opção;

    2. A tela de cadastro e configuração dos e-mails e dados do servidor de e-mail (SMTP, porta, host, etc.) agora recebeu um menu próprio e os dados ficarão gravados no banco de dados. Com isso não será mais necessário fazer a configuração do SMTP em cada máquina da rede.
      Além disso, agora você pode ter vários e-mails (administração, financeiro, etc.) cadastrados e utilizar aquele que convier em cada situação.
      A configuração do SMTP você fará uma única vez acessando o menu "Utilidades -> Envio de E-mails -> Configuração de SMTPs" da tela principal. Até agora, cada vez que você ia enviar um e-mail, precisava dar um ok na tela dos dados de STMP. Essa tela agora não vai mais aparecer no momento do envio. O menu para configuração de SMTPs também estará disponível nas telas de documentos eletrônicos e tela de envio de e-mails para clientes/fornecedores;

    3. Nos módulos eletrônicos (NFe, NFCe, etc.) o envio agora é todo automatizado, ou seja, basta você acionar o menu de envio que nenhuma tela vai aparecer para você clicar. Logicamente que para isso funcionar, tudo precisa estar configurado corretamente. Precisa ter um e-mail com o SMTP previamente configurado e, no cadastro do cliente precisa ter um e-mail informado;

    4. A tela de envios de e-mails em massa para clientes e fornecedores, aquela que você aciona pelo menu "Opções -> Envio de E-mails" no cadastro de clientes e fornecedores, foi toda repaginada. Foi melhorado o leiaute, incluídas várias outras opções de listagem dos clientes/fornecedores, incluída opção para se enviar a mensagem para o e-mail geral, do financeiro ou comercial e ainda opção de cópia do e-mail para geral, financeiro e comercial;

    5. Criado o módulo para cadastro de textos padrão. Você poderá cadastrar vários textos prontos. Aí, sempre que for enviar e-mails em massa para clientes ou fornecedores, basta selecionar o texto.
      Esses textos poderão ter tags HTML e também variáveis fixas definidas pelo GFIL. Por exemplo, se você incluir no texto a variável #NOMEDEST, quando o GFIL for enviar o e-mail esse dado será subtituído no texto pelo nome do cliente/fornecedor.
      Para acessar essa tela de textos, acione o menu "Utilidades -> Envio de E-mails - Configurar Textos Padrão". Esse menu também está disponível nas telas de notas eletrônicas e envio de e-mail em massa;

  5. Na tela de venda normal de produtos foi incluído o menu "Opções -> Agrupar Itens Duplicados". Essa opção será útil naqueles casos quando você transforma várias consignações em uma só venda e não quer que produtos fiquem repetidos na venda;

  6. Para fechamento de ordem de serviço sem custos (cortesia), agora será exigida a autorização especial de um super operador;

  7. Na tela de venda balcão, agora clicando duplo sobre um item de produto inserido na venda e a tecla CTRL estando pressionada , o sistema permitirá que se altere o ' + 'valor unitário do item.
    Se o operador, no seu cadastro, tiver habilitada a opção "Pode alterar manualmente preços de produtos no momento da venda", será necessário apenas informar o novo valor unitário do produto. Se não tiver esse poder, então o sistema vai exigir que um superoperador autorize a alteração.
    Obs. o duplo clique (sem CTRL) continua permitindo a concessão de um desconto no item;

  8. No módulo de NFe, quando se fazia necessário executar o procedimento de atualização da situação da nota porque no envio normal ocorrera algum problema, o sistema não estava movendo o XML da nota da pasta \Temp\ para \Enviadas\. Erro corrigido;

  9. A partir desta versão o sistema vai permitir que se cancele uma venda que tenha uma nota eletrônica vinculada autorizada. Essa prática (cancelar uma venda com nota fiscal autorizada) deve ser evitada ao máximo, motivo pelo qual o sistema impedia o cancelamento. Porém, pelos pedidos que recebemos, notamos que muitas vezes a operação é de fato cancelada, mas não se consegue cancelar a nota por causa do prazo. Por isso esta modificação. Para se evitar cancelamentos por engano, será exigido que se informe o número da nota vinculada à venda sendo cancelada;

  10. A exemplo de outros módulos de cadastro, agora na tela de cadastro de frotas de veículos também é possível inativar/revativar um registro. Analise o tópico 83 do manual de ajuda para mais detalhes sobre inativação de cadastros;

  11. Nos cadastros de produtos e matérias-primas foi incluído o campo "Controlar Estoque". Para os produtos marcados com "Não" nesse campo, o GFIL não gerará aumento/diminuição do saldo em estoque, permanecendo sempre com saldo zero. Será útil para quem vende produtos que não têm estoque, refeições em comandas, por exemplo;

  12. Alterada a imagem do ícone do sistema;

  13. O "Campo para inclusão rápida de produtos nas vendas, compras e outros" do módulo de parâmetros gerais, agora tem a nova opção "3-Código ou código de barras". Selecionando essa opção, o GFIL fará a busca do produto tanto pelo código, como pelo código de barras;

  14. Finalmente implementada a opção para se fazer leitura de balança de checkout (aquela balança que você conecta no computador onde está o sistema e pesa o produto no momento de inseri-lo na venda).
    A opção está disponível na tela de venda balcão e venda normal. Para que ela funcione, além de ter a balança conectada, é claro, é preciso configurá-la no GFIL seguindo as orientações do tópico número 2 do manual de ajuda.
    No cadastro de produtos foi criado um novo campo "Produto de Balança". Marque "Sim" nesse campo para aqueles produtos que você deseja que o sistema busque automaticamente o peso da balança ao incluir o item na venda.
    Agradecimentos às revendas 0852-Express Tecnologia e 0888-Link da Informática, que auxiliaram nos testes.
    Se você precisar implantar essa nova opção em seu GFIL e não conseguir através do manual de ajuda, solicite um suporte remoto de uma dessas revendas para lhe auxiliar;


Versão 9.88 - Disponibilizada em 21/04/2017

  1. ATENÇÃO: esta atualização requer que sejam executados dois passos diferentes ante de iniciar a atualização:

    • Tanto no servidor, como estações de rede, exclua todos os arquivos com extensão .dll que estão na pasta onde seu GFIL está instalado. Caso não tenha segurança nesse procedimento, solicite ao seu TI ou a uma revenda GFIL;

    • Faça o download do arquivo de atualização e execute-o tanto no servidor, como estações. A atualização da estação precisa ser feita dessa forma para que todos os arquivos novos sejam gravados na pasta;

  2. ATENÇÃO II: MAIS UMA VEZ estamos recomendando que não se utilize mais o GFIL em ambiente com Windows XP, principalmente para quem emite nota eletrônica. Essa recomendação já vimos fazendo há mais de 1 ano, porém, muitos usuários ainda insistem em manter esse Windows. O problema é que a Microsoft não tem mais atualizações para esse Windows há mais de 2 anos, o que gera muitos e muitos conflitos, em especial nas questões que envolvem comunicação com certificado digital. A partir desta versão não faremos mais nenhum tipo de análise em eventuais problemas que ocorram em máquinas com Windows inferior ao Seven;

  3. Disponibilizada uma nova versão (2.6) GFILMob. Principais mudanças:

    • No módulo de comandas foi modificada a forma de se incluir o pedido. Agora não será mais item a item. O operador seleciona primeiro todos os itens do pedido e depois finaliza o pedido e envia ao servidor. Isso vai facilitar principalmente naqueles casos onde o cliente inicia o pedido de vários itens e, antes de finalizar o pedido, ele decide mudar algum item;

    • Nas telas de vendas e comandas, a opção de pesquisar o produto, agora também incluirá o campo "Referência" do cadastro dos produtos;

    • Definida a questão da licença de uso. Será sem custos para usuários GFIL. Esta condição está sendo incluída no seu contrato de uso do sistema. Não deixe de lê-lo;

    • Não será mais necessário solicitar a liberação da licença. Basta efetuar o procedimento de instalação detalhado no tópico 170 do manual de ajuda;

  4. Links para download dos arquivos do GFILMob agora também estão disponíveis no menu "Instalação" do site GFIL;

  5. No cadastro de tabelas de preços de venda (menu "Preços -> Cria/Altera Tabelas de Venda", sempre que se alterava algum dado de uma tabela, o GFIL indagava se o usuário queria também atualizar os preços daquela tabela. Porém, ocorria muito (com usuários desatentos) do usuário clicar em "Sim" sem analisar. Isso gerava um problema para aquelas empresas que fazem a atualização manual de preços, pois, com esse procedimento, todos os preços daquela tabela eram atualizados pelos percentuais da tabela. Para tentar minimizar essa "desatenção", agora, parar atualizar os preços, o operador terá que clicar em um botão especialmente para isso, ou seja, o novo botão "Atualizar Preços";

  6. O IBPT disponibilizou uma atualização (versão 17.1.B) tabela de alíquotas para cálculo dos tributos aproximados (lei da transparência). No GFIL foram atualizados os links de download para baixar essa nova tabela. Mais informações sobre essa tabela, analise o tópico 158 do manual de ajuda do sistema;

  7. No módulo de pagamento de salários de funcionários foi incluído um grupo "Comissão de Vendedor". Nesse grupo você pode informar um valor de comissão a ser pago no salário do funcionário. Esse valor pode ser informando manualmente (marcando a opção "Outras" e digitando e valor), como pode também selecionar lançamentos de comissões feitas pelo sistema (neste caso marque a opção "Geradas pelo Sistema"). Caso você utilize esta última opção, ao gravar o lançamento de pagamento do salário, o GFIL também baixará todas os lançamentos de comissão selecionados nessa tela;

  8. No cadastro de cliente foi incluído um link "Estrangeiro?", perto do campo do endereço. Se o cliente for residente no estrangeiro clique nesse link e o GFIL preencherá alguns dados específicos que são obrigatórios no caso de emissão de nota fiscal para o cliente;

  9. Implementada geração de boletos carteira 21, do Banco do Nordeste;

  10. No módulo de baixa de contas a receber, a partir desta verão, quando se fizer baixa de várias contas de uma só vez e essas contas forem todas de um mesmo cliente, o sistema vai gerar um único recibo.
    Caso o crédito seja destinado para o livro caixa, o sistema também vai permitir que se informe a tipo (dinheiro, cheques, etc.) do valor recebido. Mas, nesse caso, só poderá ser um um tipo e não poderá haver troco;

  11. Nas configurações de conexão do certificado digital do módulo de parâmetros fiscais, agora há uma nova opção para "WinCrypt" no campo . Essa nova opção visa eliminar a utilização da Capicom.dll. Inicialmente essa opção está sendo disponibilizada para testes. Se funcionar a contento com os usuários, a Capicom será eliminada por completo, já que a Microsoft não atualiza mais essa .dll, o que gera bastante conflitos. Por motivos óbvios, não temos como fazer os testes de certificados em laboratórios. Por isso, pedimos a sua gentileza de, se for utilizar/testar essa opção, compartilhe conosco os resultados;

  12. Na versão anterior incluímos um novo componente na tela de filtragem de relatórios para se informar as datas inicial e final de relatórios. A ideia desse componente modernizar o layout, deixando-o inclusive no novo padrão do Windows 10. Entendemos que essa nova forma é muito melhor, principalmente quando se precisa navegar em datas de meses e/ou anos anteriores. Porém, esse componente não permite digitação, ou seja, apenas uso do mouse. Para tentar melhor um pouco para aqueles usuários que estavam acostumados a preencher esse campo digitando, incluímos uma rotina que vai adiantar/retroceder os valores desses campos pelas teclas de seta. Par mais detalhes clique no botão "?" dessa tela;

  13. Este passo deve ser observado apenas por aqueles usuários que emite nota eletrônica via estação de rede.
    Visando permitir que o usuário informe o nome do computador servidor onde estão serão gravados os arquivos XML das notas, foi criada uma nova opção na tela de login. Até agora o próprio GFIL buscava esse nome do computador, mas, em alguns casos, por causa de algum bloqueio na rede, o GFIL não consguia executar esse procedimento corretamente. Para completar o campo, vá a tela de login do GFIL e, clique no link "Parâmetros de conexao da base de dados GFIL" que está no topo da tela.
    Na tela que vai se abrir, há um novo campo "Nome do Servidor na Rede". Esse campo deve ser informado. Caso tenha dificuldades, solicite auxílio de seu TI ou de uma revenda GFIL e depois clique em "Conectar" para gravar a mudança;

  14. Se o usuário não tinha informado um CNPJ correto no cadastro da operadora de cartão, ao enviar uma NFCe com recebimento via cartão, o número da autorização da operadora não era incluído no XML, justamente pelo motivo da falta do CNPJ. A partir desta versão, o GFIL vai bloquear o envio da nota se o cadastro da operadora não estiver corretamente preenchido.
    Ressaltamos novamente da responsabilidade do usuário completar SEMPRE todos os cadastros (clientes, produtos, CFOPs, operadoras de cartão, grupo de tributação, etc.) envolvidos nas emissões de notas. Esse regularização dos cadastros deve sempre ser feita ANTES de se iniciar a emissão da primeira nota;

  15. A partir desta versão o desenvolvedor não terá mais opção de venda de licenças diretamente em seu site. Essa venda será feita exclusivamente por revendas. A renovação anual da licença continuará podendo ser feita diretamente com o desenvolvedor e/ou revenda. Apenas os registros novos é que devem ser feito via revendas. A contratação de suporte técnico personalizado junto a revendas continua sendo opcional, ou seja, será possível comprar tão somente a licença da revenda e, se for do desejo do usuário, também adquirir o suporte;



Versão 9.87 - Disponibilizada em 21/02/2017

  1. Disponibilizado GFILMob 2.5 com as seguintes implementações:

    • Opção para pesquisar produtos filtrando por categoria;

    • Opção para transferir uma comanda uma mesa para outra;

    • Opção para controle de lista de espera, com opção para envio de SMS ao cliente quando a mesa estiver pronta;

  2. Corrigido erro que ocorria quando se emitia NFCe com CFOP 5656. A nota era rejeitada por algumas SEFAZ por não conter informações do ANP do produto e UF de consumo. Esses campos agora foram incluídos no XML da NFCe. Logicamente que o código ANP deve ser preenchido no cadastro do produto para que o GFIL faça essa alimentação na nota. Já a UF de consumo será alimentado automaticamente pelo GFIL com a UF do destinatário da nota;

  3. Melhorado layout tela de recebimentos da comanda;

  4. Incluída opção para dar um desconto no fechamento (tela de recebimentos) da comanda;

  5. Modificado um pouco os campos de informação de datas de filtragem na tela de filtragem dos relatórios visando permitir a implantação de opção para geração de relatórios com filtragem de hora;

  6. O "Relatórios -> Comandas -> Sintético" agora pode ser gerado filtrando-se um período de horas do fechamento da comanda, além do período de datas que já havia;

  7. Idem para relatórios analítico de lançamentos do caixa e bancários;

  8. As informações de qual certificado digital utilizar agora devem ser feitas uma única vez (para todos os módulos fiscais) no módulo de parâmetros fiscais (menu "Utilidades -> Parâmetros da Empresa/Filial -> Fiscais -> Outros".
    Outra mudança implementada nessa configuração do certificado é que agora você poderá indicar qual o tipo de certificado (A1 e A3) e também a .dll a ser utilizada na assinatura e envio dos XMLs. Essa configuração visa evitar alguns erros que estavam ocorrendo em alguns usuários de certificado A1, em especial o erro "Cryptographic 24 error".
    Com essa mudança agora fica centralizada a vinculação/seleção do certificado digital de todos os documentos fiscais do GFIL em uma única tela, não havendo necessidade de você fazer essa seleção em cada módulo de tipo de nota que for emitir. Mas ATENÇÃO: após atualizar o GFIL para esta versão, todos os usuários que emitem algum documento eletrônico no sistema precisam acessar esse menu acima mencionado e configurar o certificado digital. O procedimento é bastante simples.
    Mais informações analise o tópico 92 do manual;

  9. Na tela de NFCe, agora é possível iniciar uma nota avulsa utilizando os dados de outra nota (duplicação);

  10. No lançamento de adiantamento recebido de cliente, agora tem a opção para recebimento via cartão;

  11. No módulo de locações, além das unidades de prazo (dias e hora) que já havia, agora também teremos as unidades de semanas, quinzenas e meses;

  12. No cadastro de produtos (aba "Dados Privados") foi incluído o campo "Informações Adicionais Para NFe". O valor desse campo será alimentado automaticamente no campo "Informações Adicionais do Item" quando se iniciar uma NFE (modelo 55) de venda;

  13. No módulo de parâmetros gerais foi incluída a opção "Nº de dias que uma pré-venda pode ficar pendente" na aba "De Vendas". Esse novo campo permitirá que você defina quantos dias uma pré-venda pode ficar em aberto. Até agora, o sistema obrigava a fechar todas as pré-vendas no dia seguinte. Se você não conhece a opção de pré-venda, analise o o tópico 161 do manual de ajuda;

  14. Nos parâmetros fiscais da NFCe foi incluída a opção "Inclui Endereço Cliente no XML". Se essa opção estiver marcada, naquelas notas onde o cliente for um cliente cadastrado, além do nome e CPF, o GFIL também incluirá todos dados de endereço no XML e, por conseguinte na impressão do Danfe. Essa opção não contempla notas de clientes avulsos (aquele que você informa o CPF na inclusão da venda ou nota). Somente para clientes que têm o CPF/CNPJ informado no seu cadastrado;

  15. No módulo de venda normal de produtos, se você tivesse configurado nos parâmetros para não permitir venda sem estoque e também tivesse marcado a opção para permitir incluir um item mais de uma vez na mesma venda, o sistema permitia a venda sem estoque. Exemplo: o produto X tem estoque de 1. Era possível lançar na mesma venda o item X por 2, 3, ...vezes, com quantidade 1. Isso foi corrigido;

  16. Para quem emite boletos Iugu pelo sistema: a partir de março/17, todos os boletos gerados Iugu serão obrigatoriamente COM registro. Por isso, alguns dados do cliente (CEP, número de rua e bairro) que antes não eram obrigatórios, passam a ser. Para gerar normalmente seus boletos, basta informar esses dados no cadastro dos clientes;

  17. Nos parâmetros fiscais da NFCe foi incluída a opção "Inclui Dados de PIS e COFINS no XML". Segundo a legislação, esses dados não são obrigatórios constar no XML da NFCe. Contudo, há muitos contadores que recomendam fazê-lo. Entre em contato com sua assessoria fiscal o que lhe recomendam sobre esta nova opção do GFIL;