Gerenciador Financeiro GFIL

Site Oficial do Sistema GFIL

Gerenciador Financeiro GFIL - Menu Principal

Manual de Ajuda do Sistema GFIL



Imprimir ou Gerar .pdf de todo o Manual

Atenção: as orientações abaixo só serão 100% corretas se seu GFIL estiver atualizado na última versão -> 10.12.25

GFIL - Manual de Ajuda

Tópico Nº: 31 - Título: Operadores do Sistema - Cadastro - Poderes - Senha/Login

Menus de acesso: Este tópico de ajuda abordará 3 telas, todas relacionadas ao módulo de operadores do sistema. Os menus de acesso são: a partir da tela principal do GFIL, clique em "Operadores" e depois em "Cadastros", "Alteração de E-mail/Senha", "Login/Logoff".

  1. Módulo de Cadastro
    Como o próprio nome já diz, essa tela deve ser utilizada para inclusão e/ou manutenção de cadastro de operadores.
    Essa tela se subdivide em duas:

    1. O cadastro: para cadastrar (incluir um novo operador), clique no botão "Incluir" e informe o código, nome de identificação (não precisa ser o nome completo da pessoa, apenas um nome curto para identificá-lo no sistema) e o tipo do operador (super operador ou operador limitado).
      Neste último campo (tipo do operador) é preciso estar ciente de que um super operador tem acesso irrestrito ao sistema, inclusive cadastrar outros operadores e que um super operador tem poderes exclusivo que não são atribuíveis a um operador limitado. Para verificar quais são esses poderes exclusivos do super operador clique no botão que aparece ao lado da opção de seleção dessa tela.
      Para o operador limitado, após ter gravado o cadastro dele, você deverá definir o níveis de conforme detalhado no item b abaixo.
      Observação: o botão "Editar Cadastro" serve para você alterar esses dados cadastrais (código, nome e tipo de operador);

    2. Atribuição de Poderes: a segunda tela, que é aciona pelo botão "Editar Poderes" é onde você irá alterar os poderes configuráveis de cada operador. Nessa tela de poderes serão listados diversos poderes para os quais você pode atribuir níveis diferentes para cada um dos poderes da lista para o operador selecionado.
      Na lista da esquerda selecione o item de poder a alterar e, à direita, selecione o nível (1, 2 ou 3) para aquele poder selecionado. Os níveis de poder são:
      - Nível 1 - sem acesso nenhum;
      - Nível 2 - acesso somente para leitura/consulta. O operador poderá acessar o módulo, mas não poderá incluir, alterar ou excluir dados;
      - Nível 3 - acesso total. O operador poderá realizar qualquer operação no módulo.
      Obs.: por questão de lógica, um super operador terá sempre nível 3 em todos os poderes configuráveis. Por esse motivo, o GFIL não deixará clicar no botão "Editar Poderes" se o operador selecionado na tela de cadastro for um super operador.
      Ainda na tela de edição de poderes há o grupo de "Outros Poderes" que não é definido por níveis 1, 2, e 3, mas sim pelas opções de marcação "Sim" ou "Não" (ex. se pode ou não liberar vendas à prazo acima do limite de crédito do cliente) e ainda por definição de um valor (ex.: percentual de descontos).

  2. Alteração de Senha e/ou E-mail de recuperação de senha: através do menu "Operadores -> Alteração de Senha/E-mail" da tela principal é possível o operador alterar a sua senha e também informar um e-mail para recuperação da senha. Esse e-mail é importante informar e, principalmente manter atualizado, para que se ocorrer o caso do operador esquecer sua senha, poderá solicitar ao sistema para lhe enviar um e-mail com sua senha. Essa opção fica disponível do lado do campo "Senha" da tela de login inicial do sistema.
    Logicamente que para essa opção ter sua utilidade, é necessário que no micro onde está o sistema tenha conexão de internet ativa e que o operador tenha acesso ao e-mail informado no seu cadastro.
    Quando essa tela for aberta, se o operador logado for um super operador, o sistema vai apresentar todos os operadores cadastrados e será possível efetuar a alteração dos dados de qualquer operador. Caso o operador logado não seja super operador, será apresentado apenas o seu próprio cadastro para alteração;

  3. Campo "Código Autorizador": Cada operador com status superoperador deve ter um código informado nesse campo. Ele é como se fosse uma senha, mas específica para autorizações de operações quando um operador não tiver poderes para aquela operação.
    No log de transações ficará registrado que aquele superoperador deu a autorização.
    Assim que ocorrer uma situação que necessite de autorização, o sistema automaticamente abrirá uma tela com informações sobre a operação e aguardará que um superoperador (qualquer um cadastrado) informe seu código. Esse código poderá ser informado digitando, com leitor de código de barras e ainda por um leitor serial conectado à maquina. Logicamente que, nessas duas últimas formas será preciso que você imprima um cartão com o código autorizador informado lá no cadastro do operador, podendo, inclusive, ser um qrCode.
    No módulo parâmetros gerais há a opção Autorizações especiais somente com cartão. Habilitando essa opção, o código de autorização não poderá ser digitado. Nesse caso haverá necessidade de se fazer a leitura do código de barras do cartão do superoperador para liberar a autorização.

  4. Logoff/Login: Essa opção, também acionável pelas teclas Ctrl+F5, permite que seja feito um logoff e depois o relogin de operador sem sair do programa. Essa opção é útil para se alternar o login entre um operador e outro ou ainda entre uma empresa/filial e outra;


Observações

  • Quando você instala o GFIL pela primeira vez um operador (código 1 e nome "Administrador") já vai previamente cadastrado no sistema. Esse operador tem status de super operador e não pode ter nenhum de seus dados alterados nesse caso. Você pode (e deve) alterar a senha e e-mail desse operador através de outra opção de alteração desses dados que foi explicada acima, mas os demais dados (código, nome, poderes, etc.) não podem ser alterados;

  • Sempre que um novo operador for incluído sua senha será a senha padrão, ou seja, tdi123. Essa senha deve ser alterada logo no primeiro acesso do novo operador ao sistema na opção de alteração de senha acima detalhada;

  • Sempre que você acessar o programa deverá se logar com os dados (código e senha) de um operador previamente cadastrado nessa tela. Não existe uma senha alternativa. Por isso, guarde bem a senha de pelo menos um operador "Super-Operador".
    Caso você esqueça da senha alterada, o sistema oferece uma opção para recuperação da senha. Para isso é necessário que você informe o e-mail de operador através da opção específica (informada acima) e mantenha o e-mail sempre atualizado;

  • Toda operação que um operador executar no programa (cadastros, alterações, vendas, compras, etc.) o sistema vai vincular ao operador. Isso permite ao administrador do sistema, a qualquer momento, extrair um relatório do que fez e quando fez cada operador;

  • No módulo de Parâmetros da Empresa você poderá definir que todas operações que gerem aumento ou diminuição do saldo do livro caixa executadas no sistema gerem o aumento ou a diminuição num único saldo geral de caixa da empresa ou ainda que cada operador tenha um saldo de caixa próprio, conforme as operações de caixa que cada operador registrar.



Outras Observações

  • Apesar de existir o botão "Excluir" nessa tela de cadastro, o sistema não permite excluir um registro de cadastro que tenha movimentação vinculada a ele. Veja o tópico de ajuda Cadastros - Exclusão e Inativação e Reativação para mais informações sobre essa questão;

  • Ao entrar nessa tela, o GFIL mostra os clientes ordenados pelo nome, mas você pode alterar essa ordenação para qualquer um dos campos que aparecem nas colunas da tela. Basta clicar sobre o título do campo no topo de cada coluna.



Veja também



Ajude-nos a melhorar esta ajuda. Envie crí­ticas e sugestões para sugestoes@sistemagfil.com.br.